quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Como a Fiscalização nos Pontos Finais dos Ônibus pode Ajudar às Comunidades



É notório que a população está crescendo, gerando mais renda e consequentemente obtendo mais recursos, tais como: Carros, motos, vans, caminhões entre outros.

Entretanto, esse aumento de bens materiais gera um fluxo grande em nossa cidade, pois os recursos aumentam, porém as ruas continuam do mesmo jeito.

Sabemos também que devido a esses indícios, algumas empresas ou profissionais de ônibus se aproveitam da situação.

Como assim, não estou entendendo? Você mora em um determinado local, onde o percurso do ônibus é de 40 minutos (Bairro-Centro). Sabendo-se que em vésperas de feriados, quinta-feira, sexta-feira e sábado, é normal a viagem demorar um pouco mais.

Mas, há alguns lugares, como por exemplo: O Bairro Duques, onde tem 3 ônibus diariamente, sempre se encontra atrasado, e sem uma justificativa plausível de alguns profissionais, que em certas vezes ainda usam de ironia para tal resposta.

Deixando assim, a população de mãos atadas, tendo em vista que as pessoas precisam estudar, trabalhar, ir ao lazer, mas devido a essa situação as mesmas tem de buscar meios paralelos para tais realizações.

E como pode ser Solucionado esse Problema? Ele pode ser Solucionado da seguinte forma:

* Com Fiscais e Câmeras nos pontos finais dos ônibus, relatando e coibindo semanalmente todos os fatos ocorridos, através de multas pré-estabelecidas pela empresa ou orgão responsável pelo transporte público.

Sendo assim, a Fiscalização nos Pontos Finais dos Ônibus é de suma importância às Comunidades, pois garantirá as mesmas a possibilidade de ter um transporte regular, e consequentemente evitará ônibus queimados ou quebrados, entretanto vale ressaltar que a Fiscalização deverá ser praticada de forma severa e contínua para a obtenção de resultados positivos.