domingo, 13 de abril de 2014

Como a Mudança Cultural Pode ser Um Entrave a Prevenção de Desastres



Sabemos de longa data, que Mudança Cultural é um entrave muito grande quando se trata de Defesa Civil, talvez por informações mal passadas ou até mesmo a falta dela à Sociedade.

Mas, devido o crescente número de desastres ao longo dos anos, a População está procurando entender mais o que é a Instituição Defesa Civil e como formar um Elo com a mesma.

Sabemos que a Defesa Civil há muito tempo vem trabalhando na "Resposta", ou seja esperava acontecer o desastre para depois atuar.

E isso também vem mudando de forma gradativa, pois a mesma entendeu que o Foco é a "Prevenção", pois quanto mais prevencionista estiver à População,mais minimizados serão os danos causados pelos desastres, e com isso a obtenção de uma resposta mais rápida e assertiva.

Entretanto, a Defesa Civil tende avançar bastante ainda nesse aspecto, mas já tem dado importantíssimos passos, como por exemplo:

* As Conferências Municipais, Estaduais e Nacional, Criação de Nudecs ou Nupdecs, Agente Comunitário de Saúde, Unidades de Proteção Comunitária, Sistema de Alerta e Alarme, Simulados, Plano de Contingência da Família, Plano de Contingência Municipal, Estadual e Nacional, Cadastro de 500 Áreas de Risco Prioritárias no Brasil, Monitoramento de Cheias dos Rios, Capacitação em Âmbito Nacional e a Criação dos Cepeds entre outros.

Portanto, a Mudança Cultural pode ser um entrave a prevenção de desastres, porém a mesma vem diminuindo ao longo do tempo, e isso é essencial para que se possa quebrar esse paradigma, e com isso formar um Elo entre as Defesas Civis e a Sociedade Civil.









Referências:

http://www.mi.gov.br/web/guest/defesacivil
http://www.defesacivil.sp.gov.br/v2010/portal_defesacivil/index.asp
http://www.defesacivil.pr.gov.br/
http://www.defesacivil.itajai.sc.gov.br/
http://www.defesacivil.angra.rj.gov.br/asp/dicas_prevencao.asp
http://www.defesacivil.mg.gov.br/
http://www.petropolis.rj.gov.br/dfc/