quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Corpo de Bombeiros RJ Participa de Curso de I.W.M.D

            

As Atividades aconteceram nos Estados Unidos e contaram com a participação de três militares da corporação.

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) participou, no dia 18 de dezembro, do Curso de Defesa Contra Armas Improvisadas de Destruição em Massa (IWMD), promovido pela Agência de Defesa de Redução de Riscos do Governo Americano, na cidade de Colorado Springs, nos Estados Unidos. 

Na ocasião, os representantes da corporação foram os Majores Diogo Pécora e Sandro e o capitão Mouta.

O Curso contou com agentes de segurança de várias instituições do Brasil e teve como objetivo habilitar especialistas da corporação a identificar, bem como quantificar, proteger e responder aos incidentes na desativação de explosivos (EOD), com armas improvisadas de destruição em massa, evolvendo:

* Agentes químicos;

* Biológicos;

* Radiológicos;

* Nucleares (QBRN); e 

* Produtos perigosos (HAZMAT).

Tais recursos preenchem a lacuna entre uma resposta EOD e QBRN, que atuarão nos jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro – disse o major Diogo Pécora.

Durante as atividades desenvolvidas foram abordados diversos temas, incluindo resposta, mitigação e investigação forense pós-explosão. 

A todo momento, os participantes foram lembrados da necessidade do trabalho em equipe entre todas as agências em resposta a um cenário terrorista, com o uso de armas improvisadas de destruição em massa.

De acordo com o major Sandro, o curso aumenta a base de conhecimento em diversas áreas, como operação com vários níveis de equipamento de proteção individual, utilização de vários dispositivos de detecção e monitoramento QBRN, e na compreensão dos riscos associados a uma operação num ambiente QBRN.

As atividades proporcionaram, ainda, aos especialistas em desativação de explosivos (EOD), a habilidade necessária para localizar, identificar, quantificar, proteger e responder aos incidentes com armas improvisadas de destruição em massa, enquanto trabalha num ambiente QBRN / Produtos Perigosos (HAZMAT).


É importante ressaltar que, apesar de a região apresentar condições climáticas extremas, com temperaturas atingindo -18ºC, e de não retratar a realidade do Brasil, a capacitação foi essencial para a atuação de militares em situações que extrapolem os nossos limites. Lembrando sempre que o melhor equipamento é o conhecimento - destacou o major Sandro.

Por hoje é só! Espero vocês no Próximo Post. Fiquem a Vontade para Curtir, Compartilhar, Twittar, Fazer Comentários ou Dar Sugestões. Vejo Vocês em Breve. Até........











Referências:
http://www.cbmerj.rj.gov.br/index.php/menu-oculto-slideshow/3363-corpo-de-bombeiros-rj-participa-de-curso-de-defesa-contra-armas-improvisadas-de-destruicaoem-massa-iwmd