domingo, 23 de agosto de 2015

Corpo de Bombeiros RJ Intensifica Combates a Incêndios Florestais

Resultado de imagem para incendios florestais

Mapa Dinâmico de Incêndios Florestais da Defesa Civil RJ otimiza o planejamento de equipes e recursos empenhados durante as ocorrências.


Com a falta de chuvas no Estado do Rio de Janeiro, o Corpo de Bombeiros registrou, apenas no mês de agosto, 1.924 acionamentos para combate aos focos de incêndio. 

Até esta quarta-feira (19.08), as áreas mais atingidas por incêndios florestais foram a Capital, o Sul do Estado e a Região Metropolitana, com 700, 316 e 210 acionamentos respectivamente.

Esses quantitativos somados representam 63% das ocorrências registradas no Estado do Rio de Janeiro – afirmou o diretor do Cemaden-RJ, tenente-coronel Gil Kempers. 

Além dos militares, equipamentos, viaturas e aeronaves empenhadas nas operações, a corporação ganhou um reforço de peso para atuação nas queimadas em período de estiagem. 

Confeccionado pela Defesa Civil estadual, por meio do Centro Estadual de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden-RJ), o Mapa Dinâmico de Incêndios Florestais vem sendo usado para ampliar o planejamento de equipes e otimizar recursos durante as ocorrências.

De acordo com Kempers, a ferramenta, lançada no início de agosto, tem por objetivo ampliar o trabalho do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil com análises pontuais de riscos de fogo em vegetação por localidade. 

Os dados que mostram os percentuais de risco de focos de incêndio e de incidência de chuva e ventos em determinada região são atualizados diariamente, tornando as informações sobre todo o Estado mais acessíveis.

O Mapa foi criado com base no cruzamento de informações técnicas. Os dados meteorológicos que já eram levantados pelo Cemaden-RJ – como, por exemplo:

* Umidade relativa do ar;

* velocidade do vento; e os 

* Dados sobre as chuvas obtidos com pluviômetros.

Serão cruzados diariamente com as ocorrências de incêndio florestal registradas no Sistema Sisgraph do Centro de Operações do Corpo de Bombeiros (COCB).

Para o superintendente operacional da Defesa Civil do Estado, coronel Marcelo Hess, além de orientar o planejamento das equipes, o documento permite a otimização de recursos da corporação.

Por ser dinâmico, o mapa possibilita o diagnóstico diário das áreas de maior risco, por meio da observação de dados meteorológicos e das ocorrências registradas em um período de 24 horas. 

A consequência do trabalho será uma atuação mais eficaz por parte do Corpo de Bombeiros . 

O Mapa Dinâmico de Incêndios Florestais está disponível no site do Cemaden (http://cemadenrj.defesacivil.rj.gov.br/).

Acumulados do mês de agosto (até 19.08):


* Capital: 700 ocorrências (36%)

* Região Sul: 316 ocorrências (16%)

* Região Metropolitana: 210 ocorrências (11%)

* Baixada Fluminense: 206 ocorrências (11%)

* Região Serrana: 185 (10%)

* Baixada Litorânea: 117 ocorrências (6%)

* Região Norte: 99 ocorrências (5%)

* Costa Verde: 91 ocorrências (5%)

Evite acidente e preserve o meio ambiente!


Os Focos de incêndio em vegetação são mais comuns quando há conjunção de fatores como:

 * Altas temperaturas;

* Baixa precipitação; e 

* Baixa umidade do ar. 

Embora muitas vezes não seja possível evitar este tipo de ocorrência, a corporação recomenda:

- Não acender fogueiras;

- Não queimar lixo no quintal;

- Não soltar balões;

- Não jogar pontas de cigarro em qualquer ambiente, principalmente, nas estradas próximas à vegetação;

- Não jogar garrafas de vidro em áreas florestais e em beira de estrada. Elas funcionam como lente de aumento para os raios solares, gerando calor.

Saiba quais as consequências quando um incêndio atinge a vegetação:



- Alterações do equilíbrio natural em área de florestas em virtude da queimada de espécies vegetais e da evasão e até morte de animais;

- Empobrecimento do solo;

- Destruição de bens.

O que fazer:


Quem provoca incêndio está sujeito a pagar multas altas ou até mesmo ser preso, dependendo das consequências dos seus atos. Por isso, é dever de todos a conscientização. 

É ideal que a população ajude a denunciar este crime através dos telefones da Policia Militar (190). 

Não há recompensas, mas o que vale é a colaboração de cada cidadão para a preservação do meio ambiente.

Segue Abaixo, Alguns Artigos Relacionados:


Como as Comunidades Devem Agir em Situações de Incêndios Florestais! 


http://construindocomunidadesresilientes.blogspot.com.br/2014/10/como-as-comunidades-devem-agir-em_7.html


Como as Comunidades Devem Agir em Situações de Incêndios! 


http://construindocomunidadesresilientes.blogspot.com.br/2014/10/como-as-comunidades-devem-agir-em_9.html

SEDEC-RJ Desenvolve Mapa Dinâmico de Incêndios Florestais!  


http://construindocomunidadesresilientes.blogspot.com.br/2015/08/sedec-rj-desenvolve-mapa-dinamico-de.html


Por hoje é só!  Espero que tenham gostado. Fiquem a Vontade para Curtir, Compartilhar, Twittar, Fazer Comentários ou Dar Sugestões. Vejo Vocês em Breve. Até........







Referências:
http://www.cbmerj.rj.gov.br/index.php/menu-oculto-slideshow/3179-corpo-de-bombeiros-rj-intensifica-combates-a-incendios-florestais
http://construindocomunidadesresilientes.blogspot.com.br/2015/08/sedec-rj-desenvolve-mapa-dinamico-de.html
http://construindocomunidadesresilientes.blogspot.com.br/2014/10/como-as-comunidades-devem-agir-em_7.html