sexta-feira, 3 de abril de 2015

Defesa Civil de Petrópolis Capacitada A.C.S.E para Combate a Incêndio


Defesa Civil capacitada Agentes de Saúde e de Endemias para combate a incêndio
Cerca de 30 agentes de saúde (ACS) e de endemias (ACE) participaram, nesta quarta-feira (1º/4), de um curso da Secretaria de Proteção e Defesa Civil sobre prevenção e combate a incêndio. 
Eles aprenderam qual extintor é o mais adequado para cada tipo de incêndio, o que fazer e o que não fazer em um incêndio, qual deve ser a localização de um extintor, entre outras noções básicas. 
A proposta é que esses agentes, durante a atuação nas comunidades, não apenas estejam capacitados para agir na prevenção e no combate a incêndios, como também divulguem entre os moradores esse conhecimento.
Os cerca de 300 agentes de saúde e de endemias representam um numeroso efetivo da Secretaria de Proteção e Defesa Civil para as ações de prevenção e de conscientização nas comunidades. 
Em fevereiro de 2014, o prefeito Rubens Bomtempo criou o abono de R$ 200 para esses agentes. Desde então, toda primeira quarta-feira do mês, uma turma de 30 agentes de saúde e de endemias passa por uma capacitação pela Defesa Civil. 
Cada aula é sobre um tema: 
* Noções Básicas de Defesa Civil;
* Sistema de Alerta e Alarme;
* Abrigos Temporários, entre outros.
“Cada capacitação de agentes de saúde e de endemias é um avanço para o município em relação à prevenção de desastres e acidentes. 
Assim, a cultura da Defesa Civil se fortalece em Petrópolis, porque esses agentes estão sempre nas comunidades em contato com os moradores. 
Nosso objetivo é que esses agentes estejam cada vez mais capacitados, e sei que estamos avançando muito nesse sentido, com essas aulas mensais”, disse o secretário de Proteção e Defesa Civil, Rafael Simão.
O Curso, realizado na Faculdade Arthur Sá Earp Neto (Fase), foi ministrado pelo diretor administrativo da Secretaria de Proteção e Defesa Civil, Gileno Alves. 
“É importante que a população consiga se prevenir dos diferentes tipos de riscos que corremos. Um deles é o de incêndios. 
Esses agentes aprenderam o que fazer no primeiro momento, antes de o Corpo de Bombeiros chegar. Quando a pessoa não é capacitada, ela pode aumentar o problema, como por exemplo usando um extintor inadequado para um tipo de incêndio”, disse Gileno.
Os agentes aprovaram o curso. “O papel dos agentes de saúde é de multiplicador. Acho que podemos levar esse conhecimento para as comunidades”, disse a agente de saúde Carolina de Paula, que atua na Vila Felipe.
“É importante para podermos nos proteger e ajudar as pessoas. Aprendemos, por exemplo, que, quando uma sala está pegando fogo, não é para abrir a porta, senão você vai aumentar as labaredas”, disse o agente de endemias Francisco de Assis Sousa.
“Com esse curso, recebemos noções para passar para os moradores, dar as dicas para deixar as comunidades mais seguras”, disse a agente de saúde Janaína Américo, que atua no Vila Felipe.
Por Hoje, é Só! Fiquem a Vontade para Curtir, Compartilhar, Twittar, Fazer Comentários ou Dar Sugestões.









Referências:
http://www.petropolis.rj.gov.br/pmp/index.php/imprensa/noticias/item/3233-defesa-civil-capacitada-agentes-de-sa%C3%BAde-e-de-endemias-para-combate-inc%C3%AAndio
http://www.petropolis.rj.gov.br/dfc/
http://diariodepetropolis.com.br/integra/defesa-civil-capacita-agentes-de-saude-e-de-endemias-para-combate-a-incendio-64181