quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Conhecendo o Projeto Pluviômetros nas Comunidades

                          


O Cemaden (Centro de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais ) adquiriu e vai doar 1.100 pluviômetros semiautomáticos para serem instalados e operados por comunidades em áreas de risco de desastres naturais. 
A intenção do projeto Pluviômetros nas Comunidades é o de possibilitar o aumento da percepção de risco e o engajamento das comunidades nas ações de monitoramento das chuvas e proteção contra seus impactos.
O projeto prevê a distribuição de pluviômetros para serem instalados em áreas de risco e operados pela comunidade local, promovendo o engajamento dos moradores e aumentando a sua percepção de risco e preparação para a possibilidade de ocorrência de desastres naturais.

Como acessar

Os Pluviômetros serão instalados junto às áreas de risco. 
Órgãos públicos e organizações comunitárias podem se cadastrar e solicitar a instalação dos pluviômetros.

* Perguntas Frequentes:

  • 1 - O que é o projeto Pluviômetros nas Comunidades?

  • R: O projeto "Pluviômetros nas Comunidades" visa introduzir a cultura da percepção de riscos de desastres naturais no Brasil, envolvendo a população que vive em áreas de risco e fortalecendo as capacidades locais de enfrentamento de eventos adversos.

  • 2. Qual a vantagem de ter pluviômetros semiautomáticos no município onde atuo?

  • R: A vantagem é prover as populações locais com instrumentos que contribuam para a prevenção de desastres naturais, além de incentivar o desenvolvimento da cultura de percepção de riscos.

  • 3. Como me cadastro para receber os pluviômetros semiautomáticos?

  • R: O cadastro deve ser realizado por meio do site do Cemaden, no link “Pluviômetros nas Comunidades” e em seguida no link “Cadastro”.

  • 4. Quantos endereços podem ser cadastrados?

  • R: A entidade parceira pode indicar quantos considera necessário. O Cemaden realizará uma triagem para selecionar o número de pluviômetros mais adequado para cada entidade e município.

  • 5. Qual o prazo para cadastro?

  • R: O prazo para realização dos cadastros encontra-se no site do Cemaden.

  • 6. Quem pode ser a entidade parceira?

  • R: A entidade parceira pode ser qualquer instituição que queira contribuir para o monitoramento do Cemaden e com a melhoria das operações de Defesa Civil no município. Podem ser entidades parceiras: Coordenadorias Municipais de Defesa Civil, Coordenadorias Estaduais de Defesa Civil, Prefeituras e suas secretarias, Governo do Estado e suas secretarias, escolas e universidades, empresas públicas, organizações não governamentais, institutos de pesquisa, etc.

  • 7. Qual o papel da entidade parceira?

  • R: O principal papel da entidade é o de disseminar ações voltadas para o desenvolvimento da cultura de percepção de risco no Brasil. Além disso, a função da entidade parceira será fornecer o local para a instalação do equipamento, permitir eventualmente acesso aos profissionais de manutenção (fornecidos pelo Cemaden), zelar pela conservação do instrumento e comunicar eventuais problemas.

  • 8. Quem fará a manutenção dos equipamentos?

  • R: Em caso de algum problema, o Cemaden deverá ser imediatamente notificado para que se possa avaliar a possibilidade de eventuais assistências técnicas, e/ou reposição do pluviômetro quando houver recursos. A entidade parceira será responsável pela conservação e guarda dos equipamentos.

  • 9. O que acontecerá se o pluviômetro for roubado ou sofrer danos?

  • R: O Cemaden deverá ser imediatamente notificado.

  • 10. Quais locais podem receber um pluviômetro semiautomático?

  • R: Devem ser selecionados locais seguros, próximos a áreas de risco de deslizamentos ou inundações. Por exemplo: sede Defesa Civil, prédios da prefeitura e do Governo do Estado, escolas e universidades, estabelecimentos de saúde, igrejas e templos, delegacias, postos das forças armadas, associações comunitárias, etc. Recomenda-se, também, que o local não seja de livre acesso a crianças e animais. Mais detalhes sobre requisitos para instalação, favor consultar o site do projeto.

  • 11. O equipamento necessita de ponto de energia elétrica para funcionar?

  • R: Não. O equipamento possui uma bateria com autonomia de no mínimo 5 anos de uso, que depois poderá ser substituída por pilhas AA, que duram aproximadamente 1 ano.

  • 12. Qual é a frequência de coleta de dados do pluviômetro?

  • R: O visor do pluviômetro mostra a chuva acumulada na última hora que passou, depois nas últimas 4 horas, nas últimas 24, 48, 72 e 96 horas.

  • 13. Está chovendo muito. Preciso sair no meio do temporal para ler os dados do pluviômetro?

  • R: Não, você pode instalar o datalogger (parte do pluviômetro o qual possui o visor e onde são armazenados os dados) em área abrigada e segura a 20m de onde foi instalado o equipamento.

  • 14. Como faço para ter acesso à lista atual de municípios contemplados para instalação dos pluviômetros?

  • R: A lista atualizada de municípios contemplados no projeto encontra-se no site do Cemaden, por meio do link www.cemaden.gov.br/municipiosprio.php

  • 15. Eu não sou ligado a nenhuma entidade, mas sou engajado em minha comunidade e gostaria de participar do projeto. O que devo fazer?

  • R: Recomendamos que procure o responsável de Coordenadoria Municipal de Defesa Civil de seu município, de modo que possam trabalhar em cooperação.

  • 16. Podem ser realizados cadastros de endereços localizados em municípios que não fazem parte da lista atual de municípios contemplados?

  • R: Sim. Estes locais constituirão um cadastro de reserva para a instalação de novos equipamentos, com possibilidade (remota) de serem contemplados.

  • 17. Os dados de chuva serão compartilhados com a Defesa Civil e outras entidades?

  • R: Os dados recebidos pelas entidades que enviarem os dados serão compartilhados por meio de uma página online no site do Cemaden, via acesso com senha.

  • 18. Recebi um pluviômetro. Posso comercializar os dados, já que o equipamento está sob minha responsabilidade?

  • R: Não, os dados em hipótese alguma poderão ser comercializados.

  • 19. Recebi um pluviômetro. Sou obrigado a enviar os dados de precipitação ao Cemaden?

  • R: Não, mas o Cemaden incentiva a iniciativa da entidade em enviar os dados através do site do projeto.

  • 20. Recebi um pluviômetro. Como devo proceder para atuar na prevenção de desastres e na disseminação da cultura de percepção de risco?

  • R: O Cemaden recomenda fortemente que a entidade atue engajada com a defesa civil local, no conhecimento, aprimoramento e divulgação dos planos de contingência. Incentiva-se, ainda, a proatividade do responsável pelo pluviômetro em organizar atividades de capacitação, tais como cursos e treinamentos, junto a comunidade local.

Balanço geral

Atualizado em: 10/2014
Por Hoje, é Só! Fiquem a Vontade para Curtir, Compartilhar, Twittar, Fazer Comentários ou Dar Sugestões.




Referências:
http://www.brasil.gov.br/observatoriodaschuvas/monitoramento/pluviometros-comunidades.html
http://www.cemaden.gov.br/pluviometros/sobre.php?menu=sobre
MunicípioQuantidade de Pluviômetros
Afonso Cláudio3
Alenquer17
Almirante Tamandaré2
Alto Feliz1
Além Paraíba1
Amparo4
Anchieta6
Andradas1
Angra dos Reis15
Anitápolis4
Aracruz1
Araranguá2
Astolfo Dutra1
Atibaia4
Aveiro1
Barra Velha2
Barra de Guabiraba1
Barra de São Francisco2
Barreiros3
Belford Roxo1
Belém1
Betim11
Blumenau15
Boa Vista6
Bom Jardim5
Braço do Norte2
Brumadinho4
Brusque2
Buriti dos Lopes1
Cachoeira Paulista1
Campinas2
Campo Erê1
Campo Limpo Paulista2
Campo Maior3
Campos do Jordão5
Canelinha3
Canguaretama2
Cantagalo8
Capela1
Capitão Leônidas Marques1
Caraguatatuba3
Caratinga3
Caraí1
Castelo5
Caucaia2
Caçador1
Charqueadas3
Colatina4
Comodoro1
Conselheiro Lafaiete2
Contagem15
Cordeiro1
Coronel Fabriciano1
Cortês1
Corupá2
Coruripe1
Crato1
Cruzeiro do Sul2
Diadema4
Diogo de Vasconcelos1
Dom Joaquim1
Domingos Martins2
Doutor Pedrinho3
Dracena1
Embu-Guaçu1
Ervália2
Escada3
Espera Feliz1
Esperantina1
Estrela5
Fazenda Rio Grande1
Florianópolis1
Fontoura Xavier3
Frei Inocêncio1
Garuva2
Gaspar5
General Carneiro1
Grajaú1
Grão Pará1
Guabiruba1
Guaraciaba1
Guararema2
Guaçuí1
Guidoval1
Ibirité5
Igarassu3
Igrejinha3
Iguape1
Ilhota6
Ipatinga3
Irati3
Itabira2
Itacoatiara2
Itagimirim1
Itaituba2
Itapema2
Itapetinga1
Itapiranga1
Itororó1
Ituporanga1
Ivoti1
Jaboatão dos Guararapes6
Jaraguá do Sul10
Jerônimo Monteiro1
Joinville2
Juazeiro do Norte1
Juiz de Fora12
Lages3
Luiz Alves1
Macapá4
Maceió10
Mafra3
Mairiporã2
Manaus10
Mangaratiba1
Manhuaçu1
Mantena3
Marechal Deodoro1
Marechal Floriano4
Mariana5
Maricá8
Mauá4
Mirim Doce3
Monte Alegre2
Monte Mor2
Mossoró10
Niterói9
Nova Friburgo12
Nova Santa Rita1
Nova Trento1
Nova Veneza2
Nova Venécia2
Nova Viçosa2
Novo Cruzeiro1
Novo Hamburgo2
Ouro Preto10
Palmares1
Paraty5
Paty do Alferes2
Paço do Lumiar1
Pedreira1
Pedreiras1
Pedro Osório1
Petrópolis20
Piracuruca2
Piranga1
Ponte Alta do Norte1
Porto Alegre7
Quebrangulo2
Queimados1
Querência do Norte1
Raposos1
Recife24
Reriutaba3
Ribeirão Pires4
Ribeirão das Neves5
Rio Branco5
Rio Fortuna1
Rio Grande da Serra2
Rio Negrinho1
Rio de Janeiro106
Rio do Sul3
Rodeio1
Rolante3
Rosário do Sul3
Sairé4
Salvador10
Santa Cruz dos Milagres3
Santa Leopoldina2
Santa Luzia3
Santa Maria5
Santa Maria Madalena5
Santa Maria de Jetibá5
Santana1
Santarém5
Santo André4
Santo Antônio de Pádua2
Santo Antônio do Monte2
Santos10
Sapiranga1
Saquarema3
Schroeder2
Sena Madureira1
Serra10
Silva Jardim2
Soledade1
São Bento do Sul1
São Bernardo do Campo4
São Francisco de Paula1
São Geraldo do Baixio3
São José6
São José de Ribamar1
São João Batista1
São João de Meriti5
São Lourenço do Sul3
São Luís3
São Miguel do Iguaçu7
São Miguel do Oeste2
São Paulo21
São Sebastião do Alto5
São Sebastião do Caí1
Taboão da Serra4
Taió2
Taquari1
Tatuí4
Terra Boa1
Teófilo Otoni3
Tijucas6
Timbé do Sul10
Trizidela do Vale3
Três Coroas1
Tubarão5
Ubatuba9
Ubá4
Umuarama2
Urubici2
Vargem Alta1
Viana4
Vidal Ramos2
Visconde do Rio Branco2
Vitória10
Vitória da Conquista3
Vitória de Santo Antão2
Vitória do Mearim1
Viçosa1
Óbidos1
Total871