quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Petrópolis Recebe da ONU nesta quarta-feira o Certificado de Cidade Resiliente

             

O Prefeito Rubens Bomtempo vai receber nesta quarta-feira (17/12), das mãos do representante do escritório da Organização das Nações Unidas (ONU) em Estratégia Internacional para Redução de Desastres (EIDR), David Stevens, o certificado de Cidade Resiliente da Organização das Nações Unidas (ONU). 
A campanha da ONU define cidade resiliente como aquela que tem a capacidade de resistir, absorver e se recuperar de forma eficiente dos efeitos de um desastre e, de maneira organizada, prevenir que vidas e bens sejam perdidos.
“Esse título é um reconhecimento internacional do trabalho que Petrópolis vem fazendo para ficar mais segura no verão. Temos trabalhado muito nesse sentido. 
Os Riscos no município são altos, porque é uma cidade montanhosa, cortada por rios e onde chove muito no verão, mas nos últimos dois anos avançamos muito na prevenção de desastres das chuvas, tanto em medidas estruturais quanto em ações de conscientização da população. Tenho certeza de que vamos continuar avançando muito nos próximos dois anos”, disse o prefeito.
Em novembro, Bomtempo encaminhou ao escritório da ONU para a redução de desastres naturais um ofício listando a série de medidas que vem tomando desde que assumiu a Prefeitura, em janeiro de 2013, para deixar Petrópolis mais segura em relação às chuvas. 
Ele citou a criação da Secretaria de Proteção e Defesa Civil, a capacitação de mais de 500 voluntários em 54 comunidades, a execução de 14 grandes obras de contenção pelo PAC Encostas, a parceria com a Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica), a elaboração do Plano de Contingência de Petrópolis, os testes mensais das 18 sirenes do Sistema de Alerta e Alarme e a instalação de 38 pluviômetros automáticos e semiautomáticos, entre outras ações preventivas.
“É uma determinação do prefeito Rubens Bomtempo que a Defesa Civil trabalhe o ano inteiro para fazer de Petrópolis uma cidade cada vez mais resiliente. 
Isso é o que estamos fazendo nos últimos dois anos, com ações de prevenção e de organização de resposta a chuvas fortes. Essa atuação da Defesa Civil é permanente, o ano inteiro, incluindo fins de semana, feriados e madrugadas. 
Esse título da ONU nos dá mais vontade de continuar a trabalhar por Petrópolis”, disse o secretário de Proteção e Defesa Civil, Rafael Simão.
Para ser considerada pela ONU uma cidade resiliente é preciso cumprir dez passos: 
* Estabelecer mecanismos de organização e coordenação das ações preventivas com base na participação da sociedade; 
* Elaborar documentos de orientação para redução de riscos de desastres; manter informações atualizadas sobre ameaças e vulnerabilidades da cidade; 
* Investir em infraestrutura de redução de risco; 
* Avaliar a segurança de escolas e postos de saúde; aplicar e cumprir regulamentos de planejamento urbano;
* Investir na capacitação comunitária para a redução de riscos; 
* Proteger ecossistemas para atenuar alagamentos e inundações; 
* Instalar sistemas de alerta e alarme; e 
* Garantir apoio à população após desastres.
A solenidade de entrega do título será na Prefeitura, na Avenida Koeler, às 9h. Estarão presentes secretários de governo, agentes da Secretaria de Proteção e Defesa Civil e representantes de outros órgãos envolvidos na prevenção e na resposta a desastres das chuvas em Petrópolis.
Por Hoje, é Só! Fiquem a Vontade para Curtir, Compartilhar, Twittar, Fazer Comentários ou Dar Sugestões.



Referências:
http://www.petropolis.rj.gov.br/pmp/index.php/imprensa/noticias/item/2956-defesa-civil-instalar%C3%A1-15-pluvi%C3%B4metros-semiautom%C3%A1ticos-nas-comunidades.html
http://www.petropolis.rj.gov.br/dfc/
https://www.facebook.com/defesacivilpetropolis
http://www.cemaden.gov.br/pluviometros/sobre.php?menu=sobre