sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Representantes das Defesas Civis Municipais Participaram de Oficina em Petrópolis

       Representantes de Defesas Civis Municipais participam de oficina em Petrópolis

Petrópolis Sediou na Tarde Desta Quinta-feira (14/8) a Oficina do Mapa de Ameaças Naturais, Realizada pela Secretaria de Estado de Defesa Civil. 
Cerca de 50 pessoas, Representantes das Defesas Civis dos Municípios da Região Serrana, Estiveram Presentes.
O Objetivo da Oficina foi Orientar as Equipes Sobre a Elaboração dos Planos de Contingência Referentes ao Mapa: até o dia 21 de Novembro, Cada Município terá que Elaborar Cinco Planos, Um Para Cada Ameaça Natural que Consta no Mapa.
No dia 29 de julho, no Rio de Janeiro, a Secretaria de Estado de Defesa Civil Apresentou o Mapa de Ameaças Naturais.
O Documento foi Elaborado a partir das Informações Dadas Pelos Municípios. Cada Um Indicou Suas Cinco Principais Ameaças Naturais.
Na Ocasião, a Secretaria de Proteção e Defesa Civil Apontou que, em Petrópolis, os Cinco Maiores Riscos São:
* Alagamentos, Deslizamentos, Enxurradas, Erosão Fluvial e Granizos.
Os Planos de Contingência Definem o Que Cada Órgão Deve Fazer no Caso de Um Desastre Natural, além da Quantidade de Pessoas e de Recursos Disponíveis para a Resposta a uma Tragédia.
Serão 460 Planos de Contingência Entregues até o dia 21 de novembro.
 O Diretor da Escola de Defesa Civil no Estado, Paulo Renato Vaz, Palestrou na Oficina. Ele Falou Sobre a Escolha de Petrópolis para, na Região Serrana, Sediar o Evento.
“As Cidades Sedes Não São Escolhidas ao Acaso. Para Receber as Oficinas, Escolhemos as que estão se Destacando em Defesa Civil. 
Petrópolis vem Dando um Grande Passo e Serve de Exemplo Para Todos Nós. O Município Prova que é Possível Fazer Defesa Civil.
É uma Cidade com Todo um histórico de Chuvas Fortes e que, agora, Está se Tornando Protagonista nas Ações de Defesa Civil”, disse Paulo Renato Vaz.
O Secretário de Proteção e Defesa Civil, Rafael Simão, Lembrou que hoje Petrópolis já Conta com um Plano de Contingência, Apresentado em dezembro pelo prefeito Rubens Bomtempo.
O Documento Foi Formulado no Município Pela Primeira Vez sob a Forma de Matriz, ou seja, com as Atribuições de Cada Órgão Descritas em Planilhas.
“Agora Daremos Novos Importantes Passos na Prevenção de Desastres Naturais, porque Vamos Elaborar um Plano de Contingência para Cada Um das Cinco Ameaças Apontadas”, disse Simão.
Entre as Defesas Civis Presentes na Oficina, Realizada na Sede da Secretaria de Proteção e Defesa Civil, Estavam as de:
* Três Rios, Trajano de Moraes, Santa Maria Madalena, Paraíba do Sul, Areal, Bom Jardim, Sapucaia, São José do Vale do Rio Preto, São Sebastião do Alto, Duas Barras e Carmo.




Referências:
http://www.petropolis.rj.gov.br/pmp/index.php/imprensa/noticias/item/2527-representantes-de-defesas-civis-municipais-participam-de-oficina-em-petr%C3%B3polis.html
https://www.facebook.com/defesacivilpetropolis/photos/a.314196465281362.79910.313455892022086/823919354309068/?type=1
http://www.petropolis.rj.gov.br/dfc/
http://diariodepetropolis.com.br/integra.aspx?e=16932&c=00010
http://www.e-tribuna.com.br/
http://www.esdec.defesacivil.rj.gov.br/