terça-feira, 3 de março de 2015

Como a Sociedade Deve Agir em Caso de Leptospirose

            Resultado de imagem para leptospirosis

Vamos conhecer um pouco mais dessa tão famosa doença! A leptospirose, também chamada de doença de Weil.

É uma doença infecciosa causada por uma bactéria chamada Leptospira presente na urina de ratos e outros animais, transmitida ao homem principalmente nas enchentes. Bovinos, suínos e cães também podem adoecer e transmitir a leptospirose ao homem.
Em situações de enchentes e inundações, a urina dos ratos, presente em esgotos e bueiros, mistura-se à enxurrada e à lama das enchentes. 
Qualquer pessoa que tiver contato com a água das chuvas ou lama contaminadas poderá se infectar. 
As leptospiras presentes na água penetram no corpo humano pela pele, principalmente se houver algum arranhão ou ferimento.
O contato com água ou lama de esgoto, lagoas ou rios contaminados e terrenos baldios com a presença de ratos também podem facilitar a transmissão da leptospirose. 
Veterinários e tratadores de animais podem adquirir a doença pelo contato com a urina de animais doentes ou convalescentes.
Para o controle da leptospirose, são necessárias medidas ligadas ao meio ambiente, tais como :
* Obras de saneamento básico (abastecimento de água, lixo e esgoto), melhorias nas habitações humanas e o combate aos ratos.
Deve-se evitar o contato com água ou lama de enchentes e impedir que crianças nadem ou brinquem nessas águas ou outros ambientes que possam estar contaminados pela urina dos ratos. 
Pessoas que trabalham na limpeza de lamas, entulhos e desentupimento de esgoto devem usar botas e luvas de borracha (se isto não for possível, usar sacos plásticos duplos amarrados nas mãos e nos pés).
O hipoclorito de sódio a 2,5% (água sanitária) mata as leptospiras e deverá ser utilizado para desinfetar reservatórios de água (um litro de água sanitária para cada 1000 litros de água do reservatório), locais e objetos que entraram em contato com água ou lama contaminada (um copo de água sanitária em um balde de 20 litros de água). 
Durante a limpeza e desinfecção de locais onde houve inundação recente, deve-se também proteger pés e mãos do contato com a água ou lama contaminadas.
Dentre as medidas de combate aos ratos, deve-se destacar o acondicionamento e destino adequado do lixo e o armazenamento apropriado de alimentos. 
A desinfecção de caixas d´água e sua completa vedação são medidas preventivas que devem ser tomadas periodicamente. As medidas de desratização consistem na eliminação direta dos roedores através do uso de raticidas e devem ser realizadas por equipes técnicas devidamente capacitadas.
A pessoa que apresentar febre, dor de cabeça e dores no corpo, alguns dias depois de ter entrado em contato com as águas de enchente ou esgoto, deve procurar imediatamente o Centro de Saúde mais próximo. 
A leptospirose é uma doença curável, para a qual o diagnóstico e o tratamento precoce é a melhor solução.
Siga as instruções:
  • Não jogue lixo nas ruas ou nos terrenos baldios; 
  • Guarde os alimentos bem protegidos.;
  • Feche bem os sacos de lixo;
  • Conserve jardins e quintais livres de entulhos e de mato alto; 
  • Mantenha tudo limpo; e
  • Uma das piores doenças transmitidas pelo rato é a leptospirose. Conheça mais, para poder evitá-la. LEPTOSPIROSE é a doença causada por bactérias que entram no corpo através da pele ou das partes internas da boca e dos olhos. Essas bactérias estão nas águas contaminadas pela urina do rato. Quando há enchente, o perigo é imediato.

Sintomas:
  • Febre alta
  • Calafrios
  • Dor de cabeça
  • Dor nos músculos, panturrilha (barriga da perna)
  • Vermelhidão nos olhos
  • Icterícia (pele amarela/alaranjada)
Fontes de infecção:
  • Água contaminada
  • Alimentos e solo contaminado
  • Urina de ratos

Locais onde pode ocorrer a doença

  • Áreas sujeitas a enchentes
  • Locais próximos a terrenos baldios e depósitos de lixo
  • Locais próximos a córregos
  • Rios, lagoas e valetas contaminadas
Como a doença é transmitida:
De um animal para o outro e deste para o homem. Dificilmente a leptospirose transmite-se de uma pessoa para outra.
Cuidados para prevenir a leptospirose:
  • Use água clorada ou fervida para beber, lavar alimentos e cultivar hortaliças;
  • Enterre ou queime o lixo. Se for para a coleta, feche bem em sacos plásticos;
  • Mantenha alimentos fora do alcance dos animais. Além do rato, cão, gato e animais silvestres podem causar a doença;
  • Se você trabalha em local de risco (esgotos, lixos, lavouras) use botas e luvas; e
  • Se tiver algum sintoma de leptospirose, ou alguma dúvida sobre o assunto, vá até a unidade de saúde mais próxima. A leptospirose tem cura. Basta ser tratada a tempo.

Por Hoje, é Só! Fiquem a Vontade para Curtir, Compartilhar, Twittar, Fazer Comentários ou Dar Sugestões.





Referências:
http://drauziovarella.com.br/letras/l/leptospirose/
http://www.minhavida.com.br/saude/temas/leptospirose
http://www.todabiologia.com/doencas/leptospirose.htm
http://www.cives.ufrj.br/informacao/leptospirose/lep-iv.html
http://www.defesacivil.se.gov.br/modules/tinyd0/index.php?id=52