segunda-feira, 2 de março de 2015

Dicas Simples Para Soltar Pipa com Segurança

              Resultado de imagem para CUIDADOS AO SOLTAR PIPAS

Uma das brincadeiras prediletas das crianças e jovens é soltar pipa. Uma diversão que requer alguns cuidados para evitar que alguém se machuque. 

Com os ventos mais fortes, é comum a prática de uma brincadeira muito tradicional entre as crianças e adolescentes, que é a de empinar pipas. Porém, se certas regras não forem respeitadas, acidentes podem acontecer.

Quando a pipa está com sua linha ao natural ela apresenta perigos maiores para as crianças que estão brincando, pois exige que ao brincar, o olhar e a atenção estejam voltados para o alto, e um segundo de distração pode gerar um acidente, como:

* Cair de lugares altos (árvores, muros, casas, torres) e atravessar na frente dos carros e serem atropeladas.

A primeira recomendação é para evitar o cerol, um preparado de cola que é passado na linha para cortar outras pipas.

O uso do cerol é proibido, Lei estadual 14349/02, os responsáveis por menores que se envolverem em acidentes relacionados com o uso do cerol serão responsabilizados.

A prática de aplicar cerol à linha pode transformá-la em uma arma letal, caso corte, por exemplo, o pescoço de um motoqueiro ou ciclista. 

Também há o risco de cortes do próprio “empinador” do brinquedo se cortar e das pessoas que correm e disputam quem pegará as pipas desprendidas das linhas que caem.

Mas os perigos do uso do cerol não se limitam a cortar alguém na rua. 

O cerol também é um condutor de energia e se a linha pega na rede elétrica, a pessoa que está empinando a pipa pode morrer eletrocutada. Com o pó metálico é ainda pior.

Para brincar tranquilo, sem o perigo de ferir alguém, só com barbante de algodão. Nem os fios de nylon (de pesca) são indicados, pois corta tanto ou mais que o próprio cerol.

Para uma Maior Segurança Na Prática da Brincadeira, o Corpo de Bombeiros dá algumas dicas:

  • Não solte pipas em dias de chuva, principalmente se houver relâmpagos;
  • Evite brincar perto de antenas, fios telefônicos ou cabos elétricos. Procure locais abertos como praças e parques;
  • Não empine pipa em cima de lajes e telhados;
  • Jamais utilize linha metálica, como fio de cobre de bobinas ou cerol (mistura de cola com caco de vidro). Também não faça pipas com papel laminado. O risco de choque elétrico é grande;
  • Tente soltar pipa sem rabiola, como as arraias. Na maioria dos casos, a pipa prende no fio por causa da rabiola;
  • Se a pipa enroscar em fios, não tente tirá-la. É melhor fazer outra. Nunca use canos, vergalhões ou bambus;
  • Cuidado com ruas e lugares movimentados, principalmente quando andar para trás. Pode ter algum buraco ou pista; 
  • Atenção especial com os motociclistas e ciclistas — a linha pode ser perigosa para eles. Fique atento para que a linha não entre na frente deles. e
  • Recomendamos aos motociclistas: O Uso de “ANTENAS ANTILINHAS”.
Em caso de emergência ligue 193. Bombeiro, o amigo certo nas horas incertas!

Por Hoje, é Só! Fiquem a Vontade para Curtir, Compartilhar, Twittar, Fazer Comentários ou Dar Sugestões.





Referências:
http://www.sjc.sp.gov.br/noticias/noticia.aspx?noticia_id=10164
http://www.bombeiros.mg.gov.br/component/content/article/29898.html
http://pt.wikihow.com/Soltar-Pipa
http://www.defesacivil.sg.nom.br/index.php/minimizacao-2/cafifas-pipas-e-papagaios