domingo, 21 de setembro de 2014

Engenheiro Alerta Para Novos Desastres no Vale do Cuiabá, em Petrópolis

           

Os Moradores do Vale do Cuiabá Estão Preocupados Com a Proximidade do Verão e o Tradicional Período de Chuvas.

Eles Alertam que os Recentes Incêndios Florestais Desmataram a Vegetação Local e Deixaram a Área ainda Mais Exposta a Novas Enchentes e Deslizamentos.

E de acordo com o Engenheiro Agrônomo Rolf Dieringer, As Consequências dessa vez Podem ser Ainda Mais Desastrosas do que nos Episódios Ocorridos em 2008 e 2011.


Segundo Revelou, Já Foram Gastos R$ 150 milhões em Obras de Revitalização na Região, que Incluíram o Aumento de 2% na Vazão do Rio Cuiabá.

Mas, para Ele Essa Medida Não Será Suficiente para Escoar o Volume de Água que Desce da Serra de Teresópolis Durante as Grandes Tempestades.

- Hoje a População da Região dos Rios Cuiabá, Jacó e Santo Antônio Vive Com Uma Falsa Sensação de Segurança.

Enquanto Não Forem à Raiz do Problema, que é a Degradação Ambiental Daquela Região em Mais de 1.500 Hectares, Continuaremos a Ter Enchentes e Deslizamentos Naquela Área. – alertou.

O Engenheiro Acredita que, o Reflorestamento da Área Degradada Custaria Cerca de R$ 50 milhões, além de Criar Renda, Emprego e Desenvolver o Potencial Turístico da Região e Resolver Definitivamente o Problema do Desmatamento.

- Com isto o Risco de Enchentes e Deslizamentos Seria Reduzido em 90% e Teríamos Uma Cidade Muito Melhor e Mais Segura.

Em vez de Plantarmos Naquela Região 25 milhões de Árvores, Plantou-se Apenas 230 Mudas de Mata Nativa durante uma cerimônia, ou Seja Apenas 0,00092% do Necessário.









Referências:
http://diariodepetropolis.com.br/integra.aspx?e=16970&c=00008