quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Entendendo o C.A.I. e A.I. de Uma COMPDEC

         

PRIMEIRAMENTE, Vamos Entender o Que é Uma Articulação Intersetorial? A Intersetorialidade Pode Ser Compreendida Como Uma Articulação de:

* Saberes e Experiências no Planejamento;

* Na Implementação; e 

* Na Avaliação de Ações, para Lidar de Maneira Integrada com os Problemas Sociais de Uma Determinada Localidade Visando Uma Gestão que Atue Diretamente na Gestão de Risco.

A Ação Intersetorial apenas se Concretiza a partir de Ações Coletivas,  e sua Construção é Processual, Envolvendo a Articulação de Distintos Setores Sociais e Órgãos Setoriais que Compõem a Defesa Civil Municipal.

Atuar Intersetorialmente Exige Mudanças nas Práticas e na Cultura das Organizações Gestoras de Políticas Públicas.

A Atuação Integrada Requer:

* Iniciativa;

* Conhecimento das Vulnerabilidades Locais;

* Capacidade de Relacionamento; e 

* Disposição para Implementação de Uma Rede de Relacionamento Proativa.

Na Prática Significa que, Reuniões Permanentes de Integração Sistêmica devem ter Rotina, e o Conhecimento das Potencialidades Institucionais e, até mesmo Pessoais, Deve Ter Uma Premissa Profissional do Órgão Municipal de Proteção e Defesa Civil.

Sendo assim, Liderança Servidora, Capacidade Agregadora, Iniciativa, Criatividade, Capacidade de Negociação, Foco nos Objetivos e Aptidão para Gestão em Tempos de Crise, São Essenciais para o Gestor do Órgão Municipal de Proteção e Defesa Civil.

Por hoje é só, mas Fiquem a Vontade para Curtir, Compartilhar, Twittar, Fazer Comentários ou Dar Sugestões. Vejo Vocês em Breve. Até........









Referências:
http://www.mi.gov.br/sedec/apresentacao
http://www.defesacivil.cursoscad.ufsc.br/avea/file.php/9/Livro_DefesaCivil_5ed_Unidade_5_Revisado.pdf
https://www.facebook.com/defesacivilpetropolis
http://www.petropolis.rj.gov.br/dfc/