quinta-feira, 15 de maio de 2014

Nudec do Quitandinha Recebe Curso da Defesa Civil Sobre Sistema de Alerta e Alarme


Nudec do Quitandinha recebe curso da Defesa Civil sobre Sistema de Alerta e Alarme
Os cerca de 450 voluntários dos 46 Núcleos Comunitários de Defesa Civil (Nudecs) criados pela Prefeitura desde 2013 continuam passando por cursos de capacitação. Na última quinta-feira (10/4), os participantes dos Nudecs do Quitandinha e do Amazonas, criados em 2013, tiveram um curso sobre o Sistema de Alerta e Alarme. O diretor administrativo da Secretaria de Proteção e Defesa Civil, Gileno Alves, tirou dúvidas dos moradores sobre o acionamento das sirenes e a abertura dos pontos de apoio.
O curso foi realizado na Escola Municipal Governador Marcello Alencar, no Espírito Santo. Gileno explicou aos moradores que a Secretaria de Proteção e Defesa Civil acompanha a chuva pelos 74 pluviômetros instalados no município. Quando os índices em algum bairro atingem o protocolo pré-determinado pela secretaria, as sirenes são acionadas pela Defesa Civil remotamente, pela internet. Nesse caso, os moradores devem sair imediatamente de casa e procurar locais seguros: pontos de apoio ou casas de amigos ou parentes que não fiquem em áreas de risco.
São 24 pontos de apoio em Petrópolis: locais, como escolas e igrejas, sinalizados com placas pela Prefeitura. Os responsáveis por esses espaços são orientados pela Defesa Civil a sempre abrir as unidades em caso de chuvas fortes.
Os moradores elogiaram a medida da Defesa Civil, que busca conscientizar cada vez mais os moradores sobre medidas de prevenção de desastres das chuvas: "Achei bem legal essa palestra da Defesa Civil. Foi a primeira vez que participei e pretendo participar de outras. É importante a comunidade estar presente, afinal nós é que seremos beneficiados com esse conhecimento. É a nossa vida. Eu costumava me trancar em casa com meus netos quando a chuva apertava, agora já sei que tenho que prestar atenção no que está acontecendo lá fora, ficar ligada nas sirenes e, se ficar mais forte, correr para o ponto de apoio. Estou muito feliz em saber que a Defesa Civil está perto da gente, assim como o pessoal do Nudec e das UPCs. O povo tem que participar mais das ações", disse a aposentada Efigênia Santos, de 68 anos, moradora da Rua Maranhão, no Quitandinha.






Referências:

http://www.petropolis.rj.gov.br/pmp/index.php/imprensa/noticias/item/2136-nudec-do-quitandinha-recebe-curso-da-defesa-civil-sobre-sistema-de-alerta-e-alarme.html