quarta-feira, 29 de outubro de 2014

M.P.E. Entram em Vigor esta Semana no RJ

            



A Prefeitura do Rio de Janeiro anunciou ontem (28) o Plano Verão 2014/2015, que tem o Objetivo de Prevenir ou Minimizar os Efeitos das Fortes Chuvas Típicas da Estação, que vai de 21 de dezembro a 20 de março.

Uma das Principais Medidas já começa a valer no próximo sábado (1º):

* A Implantação de Novo Modelo de Classificação dos Estágios Operacionais da Cidade.

O Modelo, usado pelo Centro de Operações Rio (COR), Alerta Diversos Órgãos e a População Sobre Situações de Risco.

Haverá Três Níveis de Alerta, Diferenciados Pela Cor, que Definirão as Condições Operacional e Meteorológica do município:

* Normalidade, Representado Pela Cor Verde; 

* Atenção, Representado Pela Cor Amarela; e

* Crise, Representado pela Cor Vermelha.

Atualmente, a Prefeitura Trabalha Com Quatro Estágios Operacionais:

* Vigilância;

* Atenção;

* Alerta; e 

* Alerta Máximo.

A Nova Classificação Será Feita com Base nas Características e nos Impactos de Cada Ocorrência. 

Haverá Critérios Como:

* Local;

* Dia da Semana;

* Horário;

* População Impactada;

* Número de Vítimas;

* Tempo Estimado para a Solução do Problema Potencial de Agravamento da Situação; e o 

* Efetivo Reflexo Operacional.

De acordo com o Prefeito Eduardo Paes, “o Sistema Atual não informa bem, e os nomes confundem. Queremos nos comunicar com a população de uma forma mais objetiva”.

Outras Medidas também Foram Anunciadas. 

Até a Primeira Semana de novembro, a Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (Seconserva), com o apoio da Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb), vai Concluir a Limpeza de 1.600 Quilômetros de Galerias de Águas Pluviais em Toda a Capital.

De acordo com a Defesa Civil, o Órgão Também Intensificará as Ações de Prevenção, Preparação e Resposta para Garantir a Segurança da População Carioca. 

Até o Momento, o Projeto Defesa Civil Itinerante já percorreu 94 Comunidades para Orientar os Moradores Sobre os Riscos de Desastres Naturais e Atender às Solicitações para Vistorias em Imóveis.

Por esse Motivo, o Efetivo Operacional da Seconserva Passou por Uma Capacitação na última semana de agosto para Se Preparar para Situações de Emergência.

As Equipes da Secretaria, que Normalmente Trabalham até as 22h, Passarão a Operar em Plantão de 24 horas a partir de Novembro.

No Próximo Verão, 960 Novos Agentes e Voluntários Atuarão nos Núcleos Comunitários de Defesa Civil.

O Órgão também Conta com Equipamentos como:

* Botes para Acessar Locais de Alagamentos;

* Pluviômetros em Pontos Estratégicos das Comunidades;

* GPS com o Mapeamento das Rotas Mais Rápidas até 165 Estações de Sirenes; e 

* 194 Pontos de Apoio do Sistema de Alerta e Alarme, Implantado em 2011 em 103 Comunidades do Rio.

O “piscinão” da Praça da Bandeira, na zona norte do Rio, que Faz Parte do Projeto de Controle de Enchentes na Grande Tijuca, também Deve Ajudar a Minimizar os Efeitos da Chuva, de acordo com o Prefeito.

Em Operação desde dezembro de 2013 e Com a Capacidade de Conter 18 milhões de litros de chuva, o Equivalente a Sete Piscinas Olímpicas, é o Único dos Cinco Reservatórios do Projeto cujas obras já foram Concluídas.

Por hoje é só! Espero vocês no Próximo Post. Fiquem a Vontade para Curtir, Compartilhar, Twittar, Fazer Comentários ou Dar Sugestões. Vejo Vocês em Breve. Até........









Referências:

http://diariodepetropolis.com.br/Destaque.aspx?c=00002
http://www.cbmerj.rj.gov.br/
http://cemadenrj.defesacivil.rj.gov.br/
http://www.esdec.defesacivil.rj.gov.br/
http://www.dgdec.defesacivil.rj.gov.br/
http://www.suop.defesacivil.rj.gov.br/