domingo, 19 de outubro de 2014

Obras do PAC das Encostas Serão Entregues até Dezembro

              

A Região do Vale do Carangola será a primeira do Município a ter uma contenção do PAC Encostas concluída.

Das 14 grandes intervenções previstas no programa, a do Carangola é a que está mais adiantada: cerca de 85% da obra já está finalizada.

A previsão é que a contenção, iniciada pela Prefeitura no final de 2013, seja entregue à população até dezembro.

Além de levar mais segurança para as diversas servidões que ficam abaixo da rua, a intervenção na Estrada do Carangola beneficia também os motoristas e motociclistas que passam diariamente pela região.

A Contenção do Vale do Carangola será a maior cortina atirantada construída do município, com 260 metros de extensão na parte de baixo da rua.

As obras também estão levando para a Região a primeira barreira dinâmica de Petrópolis. As barreiras dinâmicas são estruturas metálicas que têm como objetivo proteger todas as moradias que ficam abaixo da via, no caso de um escorregamento de blocos de rochas e de terra. 

São 120 metros de extensão de barreiras dinâmicas para a proteção para deslizamentos de rochas, e 100 metros de extensão para a proteção para deslizamentos de terra.

Esse Material é comprado na Suíça e entregue no porto do Espírito Santo, de onde é enviado a Petrópolis em carretas.

“Estamos levando para a Comunidade uma obra muito importante para a Prevenção de desastres das chuvas. A nossa aposta está na prevenção e essa contenção no Carangola será um grande passo que vamos dar para deixar Petrópolis mais segura. É uma tecnologia de ponta que está sendo empregada”, disse o Prefeito Rubens Bomtempo.

* Pacote de obras *

As 14 intervenções do PAC Encostas são o maior pacote de obras de prevenção de desastres das chuvas já realizado na história da cidade. São mais R$ 60 milhões em investimentos em 14 contenções.

Os Recursos são Provenientes de uma Parceria entre o Ministério das Cidades, a Prefeitura e a Caixa Econômica Federal (CEF).

O Projeto e os locais escolhidos tiveram como base o Plano Municipal de Redução de Riscos, elaborado pela Prefeitura em 2007, no segundo Governo do prefeito Rubens Bomtempo.

O Documento Apontou as Áreas com Maior Risco de Deslizamentos no Município.

Quem vive nas ruas e servidões na parte de baixo das obras da Estrada do Carangola comemora já que terá mais segurança quando chover forte na região.

A dona de casa Dorvalina Arruda, que mora há mais de 50 anos na Rua Waldemar Vieira Afonso, elogiou as obras e lembrou o medo que os moradores sentiam durante as chuvas. 

“Quando chovia, descia muita água. O pessoal ficava desesperado. As pessoas saíam de casa com medo. Muita gente perdeu casa por aqui”, disse Dorvalina.

Terezinha Olímpio tem 44 anos e conta que, toda vez que chovia, os moradores conviviam com o medo.

“Sempre que caia uma chuva forte, ficávamos apreensivos, com medo de uma tragédia acontecer.”

Terezinha conta que todos os moradores estão satisfeitos e se sentem mais seguros com esta nova obra que está sendo concluída no local.

“Temos muito que agradecer ao Prefeito, pois mais uma vez ele olhou para os moradores do Vale do Carangola, que há anos aguardavam esta obra. Além de garantir a segurança dos moradores e comerciantes, a contenção irá melhorar também o acesso ao bairro.”

“Acho importante esse obra, porque traz mais segurança. O meu marido é mestre de obras, e ele diz que o serviço está sendo bem feito”, disse a dona de casa Maria do Rosário, que mora há cerca de oito anos no Vale do Carangola.











Referências:
http://diariodepetropolis.com.br/integra.aspx?e=16998&c=00009