sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Engenheiro da Defesa Civil de Petrópolis Viaja ao Japão para Conhecer o S.A.A. do País


Engenheiro da Defesa Civil viaja ao Japão para conhecer Sistema de Alerta e Alarme do país
A Parceria entre Brasil e Japão para a redução de riscos de desastres das chuvas em Petrópolis, firmada pelo prefeito Rubens Bomtempo e a Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica), está rendendo mais frutos:
Nesta sexta-feira (7/11), o diretor técnico da Secretaria de Proteção e Defesa Civil, engenheiro Ricardo Branco, viaja ao Japão, onde ficará até o dia 15 de dezembro conhecendo o sistema de alerta antecipado daquele país. 
O Objetivo da viagem é que ele traga propostas para aperfeiçoar o Sistema de Alerta e Alarme do município, deixando Petrópolis cada vez mais segura no período de fortes chuvas. 
A viagem será paga Jica, sem custos para a Prefeitura.
“Petrópolis tem, hoje, 18 sirenes do Sistema de Alerta e Alarme. 
Essa viagem de um técnico da Defesa Civil para o Japão será uma grande oportunidade para aperfeiçoarmos esse sistema, fortalecendo esse importante instrumento de prevenção de curto prazo, que orienta moradores de áreas de risco a saírem de casa quando há risco de deslizamentos generalizados na comunidade”, disse o secretário de Proteção e Defesa Civil, Rafael Simão.
No fim de 2013, o governo federal e a Jica firmaram uma parceria de quatro anos para a redução de risco de desastres em Petrópolis, Nova Friburgo e Blumenau (SC).
Desde então, geólogos e engenheiros japoneses vêm realizando constantes reuniões e visitas a comunidades de Petrópolis, para compreender melhor a realidade local. 
Ao fim do convênio, a Jica produzirá manuais com orientações aos municípios sobre prevenção de tragédias das chuvas, divididos em três eixos:
* Alertas Antecipados, Mapeamento de Risco e Planejamento Urbano.
Para Cada Eixo da Parceria, um técnico da Prefeitura de Petrópolis que atua na área foi ao Japão conhecer as experiências daquele país na área.
No Eixo Mapeamento de Risco, o geólogo Yuri Garin, da Defesa Civil, viajou em maio. 
No mesmo período, a engenheira Ana Maria Zanetti, da Secretaria de Habitação, fez a viagem para o curso sobre Planejamento Urbano. 
Agora, o engenheiro Ricardo Branco, da Defesa Civil, irá conhecer o sistema de alerta antecipado japonês.
“Essa viagem é uma sequência das cinco reuniões técnicas sobre alertas antecipados que fizemos em 2014 em São José dos Campos (SP), na sede do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden).
Os representantes dos três municípios envolvidos na parceria e de órgãos do governo federal que estavam nessas reuniões vão participar do curso. 
No Japão, vamos conhecer o sistema de alerta e alarme do país, participar de uma aula de prevenção de desastres do Corpo de Bombeiros de lá, visitar áreas com sirenes para ver como funciona e entender a metodologia japonesa para definir os índices de chuvas para acionamento das sirenes.
Durante o curso, já vamos testar esta metodologia do Japão com alguns dados de Petrópolis”, disse Ricardo Branco.
O Curso será realizado em cinco cidades japonesas. Na conclusão, os participantes apresentarão um trabalho sobre o treinamento que receberam.
Durante este período, o geólogo Yuri Garin assume a diretoria técnica da Secretaria de Proteção e Defesa Civil.





Referências:
http://www.petropolis.rj.gov.br/pmp/index.php/imprensa/noticias/item/2803-engenheiro-da-defesa-civil-viaja-ao-jap%C3%A3o-para-conhecer-sistema-de-alerta-e-alarme-do-pa%C3%ADs.html
http://www.petropolis.rj.gov.br/dfc/
https://www.facebook.com/defesacivilpetropolis